A Melhor Receita de Pizza Diavola

A Melhor Receita de Pizza Diavola

Se você é fã de pizza, com certeza já ouviu falar da famosa Pizza Diavola. Com sua combinação irresistível de sabores, essa pizza é perfeita para quem gosta de um prato com um toque picante. Neste artigo, vou compartilhar com você a melhor receita de Pizza Diavola, de forma descomplicada e fácil de seguir. Prepare-se para saborear uma pizza deliciosa e surpreender seus amigos e familiares. Então, vamos lá!

Ingredientes:

  • Massa para pizza
  • Molho de tomate
  • Queijo mussarela ralado
  • Salame picante
  • Pimenta calabresa
  • Champignon
  • Cebola cortada em rodelas
  • Azeite de oliva
  • Manjericão fresco
  • Sal a gosto

Instruções passo a passo:

1. Pré-aqueça o forno a 220°C.

2. Abra a massa para pizza em uma superfície enfarinhada, deixando-a com aproximadamente 30 cm de diâmetro.

3. Transfira a massa para uma assadeira grande.

4. Espalhe o molho de tomate sobre a massa, deixando uma borda de aproximadamente 2 cm.

5. Distribua o queijo mussarela ralado sobre o molho de tomate, cobrindo toda a superfície da pizza.

6. Fatie o salame picante em rodelas finas e distribua sobre o queijo.

7. Adicione a pimenta calabresa a gosto, de acordo com sua preferência de picância.

8. Acrescente os champignons fatiados e as rodelas de cebola.

9. Regue com um fio de azeite de oliva e salpique algumas folhas de manjericão fresco.

10. Tempere com sal a gosto.

11. Leve a pizza ao forno pré-aquecido e deixe assar por aproximadamente 15 minutos, ou até que a massa esteja dourada e o queijo derretido e borbulhante.

12. Retire a pizza do forno e deixe-a descansar por alguns minutos antes de cortar e servir.

Tempo de preparação:

O tempo estimado para preparar a Pizza Diavola é de aproximadamente 30 minutos, sendo 15 minutos para o preparo e 15 minutos para o tempo de cozimento no forno.

Porções:

A receita rende uma pizza média, que serve aproximadamente 4 pessoas.

Nível de dificuldade:

A receita de Pizza Diavola é considerada fácil, pois não requer técnicas culinárias avançadas. Mesmo iniciantes na cozinha podem preparar essa deliciosa pizza sem grandes dificuldades.

Equipamentos necessários:

  • Assadeira grande
  • Faca
  • Tábua de corte
  • Colher de sopa
  • Forno

Dicas e truques:

– Se preferir uma pizza mais picante, adicione mais pimenta calabresa ou substitua o salame picante por pepperoni.

– Você pode personalizar sua Pizza Diavola adicionando outros ingredientes que você gosta, como azeitonas pretas ou pimentão.

– Para garantir que sua pizza fique crocante, pré-aqueça a assadeira antes de colocar a massa.

– Se você quiser uma pizza com uma base mais fina, estique a massa para pizza o máximo possível.

Variações:

Se você tem restrições alimentares ou prefere seguir uma dieta específica, você pode adaptar a receita de Pizza Diavola para se adequar ao seu estilo de vida. Aqui estão algumas variações que você pode experimentar:

– Vegana: Substitua o queijo mussarela por queijo vegano e o salame por tofu defumado ou pepperoni vegano.

– Sem Glúten: Utilize uma massa para pizza sem glúten ou faça sua própria massa usando farinhas sem glúten.

– Vegetariana: Mantenha a receita original, mas remova o salame picante.

– Paleo: Substitua a massa da pizza por uma base de couve-flor ou use uma massa feita com farinha de amêndoa e ovos.

– Whole30: Certifique-se de que todos os ingredientes utilizados sejam compatíveis com a dieta Whole30.

Origem ou história:

A Pizza Diavola é um prato clássico da culinária italiana. Ela foi criada na região da Calábria, no sul da Itália, conhecida por sua culinária picante. “Diavola” significa “diabo” em italiano, o que se refere ao tempero apimentado da pizza. A combinação de salame picante, pimenta calabresa e queijo derretido tornaram essa pizza muito popular em toda a Itália e no mundo.

Acredita-se que a Pizza Diavola tenha sido inventada no final do século XIX pelo pizzaiolo Rafael Esposito, em Nápoles. Ele teria criado a pizza ao receber a visita da rainha Margherita da Itália e de seu marido, o rei Umberto I. A rainha era fã de pizza e Rafael queria criar uma pizza especial para a ocasião. A receita original era feita com salame picante, queijo, tomate e manjericão, representando as cores da bandeira italiana (vermelho, branco e verde).

Dúvidas frequentes

1. Posso usar outros tipos de queijo além do mussarela?

Sim, você pode experimentar usar diferentes tipos de queijo para adicionar mais sabor à sua Pizza Diavola. Queijos como gorgonzola, provolone ou queijo gruyère podem complementar muito bem o salame picante e a pimenta calabresa.

2. Posso fazer a massa da pizza em casa?

Com certeza! Fazer a massa da pizza em casa pode ser uma ótima opção, pois você pode ajustar a textura e sabor de acordo com seu gosto pessoal. Existem diversas receitas de massa de pizza disponíveis na internet que você pode explorar.

3. Posso congelar a pizza pronta?

Sim, você pode congelar a pizza pronta. Certifique-se de que ela esteja completamente fria antes de embalar em um saco plástico próprio para congelamento. Quando for consumir, basta levar a pizza direto ao forno, sem descongelar previamente.

4. Qual é a diferença entre salame picante e pepperoni?

O salame picante geralmente possui um sabor mais forte e apimentado do que o pepperoni. Ele é feito com carne de porco e temperos como pimenta calabresa, alho e páprica. O pepperoni é um tipo de salame curado, mas é menos apimentado e possui uma textura levemente defumada.

5. Posso fazer uma versão sem glúten da Pizza Diavola?

Sim, você pode adaptar a receita para torná-la sem glúten. Utilize uma massa para pizza sem glúten ou faça sua própria massa usando farinhas sem glúten, como farinha de amêndoa, farinha de arroz ou farinha de grão-de-bico. Certifique-se de que os demais ingredientes também estejam livres de glúten.

Espero que tenha gostado dessa deliciosa receita de Pizza Diavola e que possa aproveitar com seus amigos e familiares. Aproveite e solte sua criatividade para fazer suas próprias variações e adaptar o sabor de acordo com seu paladar. Bom apetite!

Compartilhe esse artigo

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Sumário

Artigos Relacionados