A Melhor Receita de Pizza Margherita com Ricota e Espinafre

A Melhor Receita de Pizza Margherita com Ricota e Espinafre

A pizza é um prato amado em todo o mundo, e cada região tem suas próprias versões e sabores. Uma das pizzas mais clássicas e deliciosas é a Margherita. E hoje vamos ensinar a fazer uma versão especial dessa pizza, acrescentando a suavidade da ricota e o sabor do espinafre. Se você está procurando uma receita fácil de pizza para impressionar seus convidados ou simplesmente para satisfazer sua fome, esta é a receita perfeita para você.

Ingredientes:

Massa:
– 500g de farinha de trigo
– 1 envelope de fermento biológico seco
– 1 colher de chá de sal
– 1 colher de chá de açúcar
– 2 colheres de sopa de azeite de oliva
– 300ml de água morna

Molho de tomate:
– 2 xícaras de polpa de tomate
– 2 dentes de alho picados
– 1 colher de chá de orégano
– Sal a gosto
– Pimenta do reino a gosto

Cobertura:
– 150g de ricota fresca
– 150g de espinafre fresco
– 1 xícara de queijo muçarela ralado
– Folhas de manjericão fresco a gosto
– Azeite de oliva para regar

Instruções passo a passo:

1. Em uma tigela grande, misture a farinha, o fermento, o sal e o açúcar. Faça um buraco no centro e adicione o azeite e a água morna. Misture bem até formar uma massa homogênea.

2. Transfira a massa para uma superfície levemente enfarinhada e sove por cerca de 10 minutos, até que fique macia e elástica. Forme uma bola com a massa e coloque-a em uma tigela untada com azeite. Cubra com um pano de prato e deixe descansar por cerca de 1 hora, até dobrar de tamanho.

3. Enquanto a massa descansa, prepare o molho de tomate. Em uma panela, aqueça um pouco de azeite e refogue o alho até dourar. Adicione a polpa de tomate, o orégano, o sal e a pimenta do reino. Cozinhe em fogo baixo por cerca de 15 minutos, mexendo ocasionalmente.

4. Pré-aqueça o forno a 220°C. Divida a massa em duas partes iguais e abra cada uma em formato circular, em uma superfície levemente enfarinhada. Transfira as massas para uma assadeira untada.

5. Espalhe uma parte do molho de tomate sobre cada massa. Em seguida, distribua a ricota em pequenas porções sobre a pizza. Adicione o espinafre e o queijo muçarela ralado.

6. Leve as pizzas ao forno pré-aquecido e asse por cerca de 12-15 minutos, ou até que a massa esteja dourada e o queijo derretido.

7. Retire as pizzas do forno e finalize com folhas de manjericão fresco. Regue com azeite de oliva e sirva quente.

Tempo de preparação: A preparação da massa leva cerca de 1 hora e o tempo total de preparação e cozimento é de aproximadamente 1 hora e 30 minutos.

Porções: Esta receita rende duas pizzas médias, que servem de 4 a 6 pessoas, dependendo do apetite de cada um.

Nível de dificuldade: Fácil. Esta receita é ideal para iniciantes na cozinha, pois não requer técnicas complexas.

Tempo de cozimento: As pizzas assam em cerca de 12-15 minutos no forno pré-aquecido a 220°C.

Tipo de cozinha: A pizza Margherita é um prato típico italiano. Sua receita clássica é feita com massa de pizza, molho de tomate, queijo muçarela e folhas de manjericão fresco. Nesta versão especial, adicionamos ricota e espinafre para dar um toque extra de sabor e textura.

Notas sobre ingredientes: Se preferir, você pode substituir a ricota por queijo cottage ou outro queijo de sua preferência. O espinafre pode ser substituído por outras folhas verdes, como rúcula ou folhas de beterraba. Certifique-se de que o tomate usado para o molho seja de boa qualidade e de preferência use polpa de tomate fresco.

Equipamentos necessários: Para fazer esta receita, você precisará de uma tigela grande, uma assadeira, uma panela e utensílios básicos de cozinha, como colheres, facas e rolo de massa.

Informações nutricionais: Por ser uma pizza caseira, as informações nutricionais podem variar de acordo com os ingredientes utilizados e o tamanho das porções. Como a ricota e o espinafre são ingredientes saudáveis, essa pizza pode fornecer uma boa dose de proteínas e vitaminas. No entanto, é importante lembrar que, como qualquer pizza, é um prato calórico e deve ser consumido com moderação.

Dicas e truques: Para garantir uma pizza perfeitamente assada, pré-aqueça o forno antes de colocar as pizzas para assar. Também é importante não sobrecarregar a pizza com ingredientes para evitar que ela fique pesada e não asse corretamente. Se desejar, você pode adicionar outros temperos e condimentos, como pimenta calabresa, alcaparras ou azeitonas, para dar um toque especial à pizza.

Apresentação: Para uma apresentação atraente, decore sua pizza Margherita com ricota e espinafre com folhas de manjericão fresco e regue com azeite de oliva antes de servir. Para uma refeição completa, você pode acompanhar a pizza com uma salada verde fresca.

Variações:
– Vegana: para uma versão vegana, substitua a ricota por um queijo vegano e omita o queijo muçarela.
– Vegetariana: essa receita já é vegetariana, pois não utiliza nenhum tipo de carne.
– Sem Glúten: para uma versão sem glúten, utilize uma farinha sem glúten ou uma mistura de farinhas sem glúten na massa.
– Onívora: essa receita é onívora, pois utiliza queijo e laticínios.
– Pescetariana: essa receita é pescetariana, pois não contém carne, apenas peixe ou frutos do mar.
– Flexitariana: essa receita é flexitariana, pois pode ser facilmente adaptada para incluir ou excluir ingredientes de origem animal.
– Paleo: essa receita não é paleo, pois contém farinha de trigo e queijo.
– Cetogênica (Keto): essa receita não é cetogênica, pois contém farinha de trigo e açúcar.
– Whole30: essa receita não é compatível com a dieta Whole30, pois contém farinha de trigo e açúcar.
– Baseada em Plantas: essa receita pode ser baseada em plantas, substituindo a ricota por um queijo vegano.
– Mediterrânea: essa receita é inspirada na dieta mediterrânea, pois contém ingredientes saudáveis e frescos, como o espinafre e o azeite de oliva.
– Crudivorismo (Raw Food): essa receita não é crua, pois a massa é assada no forno.
– Macrobiótica: essa receita não é compatível com a dieta macrobiótica, pois contém farinha de trigo e queijo.
– Halal: essa receita pode ser halal, desde que todos os ingredientes utilizados sejam halal.
– Kosher: essa receita pode ser kosher, desde que todos os ingredientes utilizados sejam kosher.
– Ayurvédica: essa receita não é compatível com a dieta ayurvédica, pois contém farinha de trigo e queijo.
– Baixo FODMAP: essa receita pode ser baixa em FODMAPs, desde que os ingredientes utilizados sejam baixos em FODMAPs.

Compartilhe esse artigo

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Sumário

Artigos Relacionados