A Melhor Receita de Struffoli

A Melhor Receita de Struffoli: Um doce irresistível para encantar o paladar

Ingredientes:

  • 3 xícaras de farinha de trigo
  • 4 ovos
  • 1/4 de xícara de açúcar
  • 1/4 de xícara de mel
  • 1 colher de chá de essência de baunilha
  • 1 pitada de sal
  • Óleo vegetal para fritar
  • Raspas de limão
  • Açúcar de confeiteiro para polvilhar

Instruções passo a passo:

Passo 1: Preparando a massa

Em uma tigela grande, misture a farinha, o açúcar e o sal. Faça um buraco no centro e adicione os ovos, o mel, a essência de baunilha e as raspas de limão. Misture tudo até obter uma massa homogênea.

Passo 2: Sovando a massa

Transfira a massa para uma superfície levemente enfarinhada e sove por cerca de 5 minutos, até que fique macia e elástica. Se a massa estiver muito grudenta, adicione um pouco mais de farinha. Forme uma bola com a massa.

Passo 3: Descansando a massa

Cubra a massa com um pano de prato limpo e deixe descansar por pelo menos 30 minutos.

Passo 4: Preparando os struffoli

Divida a massa em pequenas porções e enrole cada uma delas em cordões finos, com cerca de 1 cm de espessura. Corte os cordões em pedaços de aproximadamente 1 cm.

Passo 5: Fritando os struffoli

Aqueça óleo vegetal em uma panela funda em fogo médio. Adicione os pedaços de massa aos poucos e frite até dourarem levemente. Retire com uma escumadeira e reserve em um prato forrado com papel toalha para absorver o excesso de óleo.

Passo 6: Montando os struffoli

Coloque os struffoli em uma tigela grande e regue com mel, misturando delicadamente para que todos fiquem bem envolvidos. Polvilhe açúcar de confeiteiro por cima para decorar.

Tempo de preparação:

Tempo total: 1 hora e 30 minutos

Tempo de preparação: 1 hora

Tempo de cozimento: 30 minutos

Porções:

Rende aproximadamente 8 porções.

Nível de dificuldade:

Intermediário. Essa receita requer habilidades básicas de amassar e enrolar a massa. No entanto, com paciência e prática, qualquer pessoa pode preparar esses deliciosos struffoli.

Equipamentos necessários:

  • Tigela grande
  • Superfície para sovar
  • Panela funda
  • Escumadeira

Origem ou história:

Originário da região da Campânia, na Itália, o struffoli é um doce tradicionalmente preparado durante as festividades de Natal. Sua origem remonta à antiguidade romana, onde era chamado de “stróphidla” e era oferecido como uma oferenda aos deuses.

Com o passar dos séculos, a receita foi aprimorada e se tornou uma verdadeira protagonista das mesas natalinas. Os pequenos pedaços de massa frita são um símbolo de abundância e boa sorte para o próximo ano.

Variações:

O struffoli é uma receita muito versátil, que pode ser adaptada para diferentes restrições alimentares e preferências. Confira algumas variações:

Vegana:

Substitua o mel por outro adoçante natural, como xarope de maple ou melado de cana-de-açúcar. Certifique-se de usar ovos vegans para a massa.

Sem Glúten:

Utilize farinha sem glúten, como farinha de arroz ou farinha de amêndoas, para preparar a massa.

Vegetariana:

A receita original já é vegetariana, mas você pode adicionar frutas secas, como passas, para dar um toque especial aos struffoli.

Onívora:

Mantenha a receita original.

Pescetariana:

Mantenha a receita original, mas evite adicionar qualquer tipo de carne ou peixe na decoração.

Flexitariana:

Mantenha a receita original e aproveite esse doce com moderação em sua dieta flexível.

Paleo:

Substitua a farinha de trigo por farinhas paleo, como farinha de amêndoas ou farinha de coco. Utilize adoçantes naturais, como tâmaras ou mel, em vez de açúcar.

Cetogênica (Keto):

Evite essa receita se você está seguindo uma dieta cetogênica, pois contém farinha de trigo e açúcar.

Whole30:

Essa receita não é adequada para a dieta Whole30, pois contém farinha e açúcar.

Baseada em Plantas:

Adapte a receita vegana acima para se adequar à dieta baseada em plantas.

Mediterrânea:

Mantenha a receita original, pois o struffoli é um doce típico da culinária mediterrânea.

Crudivorismo (Raw Food):

Essa receita não é adequada para a dieta crudivorista, pois requer fritura.

Macrobiótica:

Utilize farinha integral e melado de arroz em vez de mel.

Halal:

Mantenha a receita original.

Kosher:

Mantenha a receita original e certifique-se de usar ingredientes kosher.

Ayurvédica:

Utilize farinha de trigo integral e mel em vez de açúcar. Evite adicionar frutas cítricas nas raspas de limão.

Baixo FODMAP:

Essa receita não é adequada para a dieta baixa em FODMAP, pois contém trigo e mel.

Dicas e truques:

  • Use um termômetro de cozinha para garantir que o óleo esteja na temperatura certa para fritar os struffoli, em torno de 170°C.
  • Polvilhe açúcar de confeiteiro ou raspas de limão por cima dos struffoli para decorar.
  • Experimente servir o struffoli com uma bola de sorvete de baunilha ou chantilly para um toque especial.

Apresentação:

Os struffoli podem ser servidos em um prato grande ou em tigelas individuais. Polvilhe açúcar de confeiteiro por cima para decorar e adicione algumas raspas de limão. Para uma apresentação ainda mais festiva, coloque algumas frutas secas ou cerejas em calda ao redor dos struffoli.

Dúvidas Frequentes:

1. Posso substituir o mel por xarope de bordo?

Sim, você pode substituir o mel por xarope de bordo ou qualquer outro adoçante líquido da sua preferência.

2. Preciso deixar a massa descansar?

Sim, é importante deixar a massa descansar para que ela fique mais fácil de manusear e os sabores se desenvolvam.

3. Posso congelar os struffoli?

Sim, você pode congelar os struffoli após fritos. Certifique-se de descongelar completamente antes de servir.

4. Eu posso fazer os struffoli com antecedência?

Sim, você pode fazer a massa e refrigerá-la por até 24 horas antes de cozinhar e montar os struffoli.

5. Posso usar suco de limão em vez de raspas de limão?

Sim, você pode usar suco de limão em vez de raspas de limão, mas o sabor será um pouco mais suave.

Agora você tem em mãos a melhor receita de struffoli para encantar seus convidados durante as festividades ou quando quiser agradar seu paladar com uma sobremesa deliciosa. Divirta-se preparando e degustando esse doce clássico italiano!

Compartilhe esse artigo

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Sumário

Artigos Relacionados