A Melhor Receita de Struffoli Napoletani

A Melhor Receita de Struffoli Napoletani

Os Struffoli Napoletani são deliciosos bolinhos crocantes e doces típicos da região de Nápoles, na Itália. Essa receita tradicional tem uma origem antiga e faz parte da cultura gastronômica italiana. Com sua massa frita em formato de bolinhas e coberta com um delicioso mel caramelizado, os Struffoli Napoletani são perfeitos para serem saboreados em ocasiões especiais, como o Natal.

Vamos conferir abaixo como preparar essa irresistível sobremesa e surpreender seus convidados!

Ingredientes:

– 3 xícaras de farinha de trigo
– 4 colheres de sopa de açúcar
– 1 pitada de sal
– 1 colher de chá de raspas de limão
– 3 colheres de sopa de manteiga derretida
– 3 ovos
– 1 colher de sopa de rum
– Óleo para fritar

Para o mel caramelizado:
– 1 xícara de mel
– Casca de 1 laranja
– 1 colher de sopa de açúcar

Modo de preparo:

1. Em uma tigela grande, misture a farinha de trigo, o açúcar, o sal e as raspas de limão.
2. Adicione a manteiga derretida, os ovos e o rum. Misture bem até obter uma massa homogênea.
3. Em uma superfície lisa e enfarinhada, sove a massa por alguns minutos, até que ela fique macia e elástica.
4. Divida a massa em pequenas porções e enrole cada porção em formato de cordão.
5. Corte os cordões em pequenos pedaços de cerca de 1 cm.
6. Aqueça o óleo em uma panela funda e frite os pedaços de massa até ficarem dourados e crocantes.
7. Retire os bolinhos fritos com uma escumadeira e deixe escorrer em papel absorvente.
8. Enquanto os bolinhos esfriam, prepare o mel caramelizado. Em uma panela, aqueça o mel com a casca de laranja e o açúcar, mexendo sempre até obter uma consistência caramelizada.
9. Despeje o mel caramelizado sobre os bolinhos fritos, misturando bem para que todos fiquem cobertos.
10. Transfira os Struffoli Napoletani para um prato de servir e deixe esfriar completamente antes de saborar.

Tempo de preparação: 30 minutos
Tempo de cozimento: 15 minutos
Porções: 6 porções

Nível de dificuldade: Fácil

Com suas bolinhas crocantes douradas e o irresistível sabor de mel caramelizado, os Struffoli Napoletani são uma sobremesa que agrada a todos. Além disso, a receita é relativamente simples de ser feita, mesmo por aqueles que não têm muita experiência na cozinha.

As variações dessa receita são bastante limitadas, pois tradicionalmente os Struffoli Napoletani são feitos com ingredientes específicos. No entanto, você pode adicionar frutas cristalizadas à cobertura de mel para um toque diferente ou até mesmo adicionar uma pitada de canela à massa para um sabor mais especiado.

O mel é um ingrediente fundamental nessa receita, pois é o responsável por dar o sabor e a textura característicos aos Struffoli Napoletani. Se preferir, você pode substituir o mel por melado de cana ou xarope de bordo, mas lembre-se que isso alterará o sabor final do prato.

Para preparar essa deliciosa receita de Struffoli Napoletani, você vai precisar dos seguintes utensílios:

– Tigela grande para misturar os ingredientes
– Superfície lisa e enfarinhada para sovar a massa
– Panela funda para fritar os bolinhos
– Escumadeira para retirar os bolinhos fritos
– Papel absorvente para escorrer o óleo
– Panela pequena para preparar o mel caramelizado

Dicas e truques:

– Certifique-se de que a massa fique bem macia e elástica antes de cortá-la em pequenos pedaços. Isso garantirá que os bolinhos fiquem crocantes por fora e macios por dentro.
– Ao fritar os bolinhos, certifique-se de que o óleo esteja bem quente, para que eles fiquem dourados rapidamente e não absorvam muito óleo.
– Para obter uma cobertura uniforme de mel caramelizado, misture bem os bolinhos com o mel ainda quente, garantindo que todos fiquem bem revestidos.

Apresentação:

Os Struffoli Napoletani podem ser servidos em um prato de sobremesa, decorados com folhas de hortelã fresca ou açúcar de confeiteiro polvilhado por cima. Você também pode adicionar algumas frutas cristalizadas ou nozes picadas para enfeitar o prato. Sirva em temperatura ambiente, para que os bolinhos fiquem crocantes.

Origem ou história:

O Struffoli Napoletani é uma receita tradicional da região de Nápoles, no sul da Itália. Esses bolinhos doces são frequentemente preparados durante as festas de Natal e Ano Novo, mas também podem ser encontrados durante todo o ano em padarias e confeitarias na Itália.

A origem exata do Struffoli Napoletani é incerta, mas acredita-se que a receita tenha mais de 2000 anos de idade. Esses bolinhos eram preparados pelos antigos romanos como uma oferenda aos deuses durante os festivais religiosos. Com o passar do tempo, a receita foi aprimorada e se tornou uma sobremesa típica da região de Nápoles.

Hoje em dia, o Struffoli Napoletani continua sendo uma sobremesa popular na Itália, especialmente durante o período natalino. Em Nápoles, é comum encontrar vendedores de rua vendendo esses deliciosos bolinhos em épocas festivas.

Dúvidas frequentes:

1. Posso congelar os Struffoli Napoletani?


Sim, você pode congelar os Struffoli Napoletani após fritos e cobertos com o mel caramelizado. Basta armazená-los em um recipiente hermético e colocá-los no freezer por até um mês. Para servir, basta descongelar em temperatura ambiente e aproveitar.

2. Posso substituir o rum por outra bebida?


Sim, se preferir, você pode substituir o rum por licor de laranja ou essência de baunilha. No entanto, lembre-se que isso irá alterar o sabor final dos bolinhos.

3. Posso fazer os bolinhos em formatos diferentes?


Sim, você pode moldar os bolinhos em formatos diferentes, como estrelas ou corações, se quiser variar. O importante é que todos tenham o mesmo tamanho para garantir uma fritura uniforme.

4. Posso usar outro tipo de óleo para fritar?


Sim, você pode usar outros tipos de óleo adequados para fritura, como óleo vegetal ou óleo de canola. Evite o uso de azeite de oliva, pois seu sabor forte pode interferir no sabor dos bolinhos.

5. Posso armazenar os Struffoli Napoletani por quanto tempo?


Os Struffoli Napoletani podem ser armazenados em um recipiente hermético por até uma semana, em temperatura ambiente. Certifique-se de que fiquem bem fechados para manter a crocância dos bolinhos.

Compartilhe esse artigo

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Sumário

Artigos Relacionados